fbpx
PT EN FR DE ES
Pousada Galeria Artes Vista noturna Bonito MS Bonito Incomparável
Pousada Galeria Artes

Quando estiver caminhando por uma das ruazinhas encantadoras do centro de Bonito, a Luís da Costa Leite, a certa altura encontrará uma pintura, um quadro com mais ou menos 2.500 m2, com elegantes pinceladas em tons de verde, azul e terra. Você irá parar, sorrir e passar alguns minutos absorvendo essa surpresa. Provavelmente chegue à conclusão de que a vida é na verdade uma grandiosa galeria de arte. Nesse instante você estará em sintonia com as emoções que criaram a Pousada Galeria Artes, bem ali no número 1.053.

 

Endereço: Rua Luís da Costa Leite, 1053 Bonito MS Brasil | Telefone: (67) 3255.4843 

WhatsApp: (67) 99253.9311 | E-mail: reservas@pousadagaleriaartes.com.br

Acesso o Site: www.pousadagaleriaartes.com.br/

 

RECEBA NOSSAS NOVIDADES
Viver e conviver entre mergulhos, livros e mangas doces

Área externa:

Piscina, gramados, mangueiras e outras árvores típicas da região, recantos para leitura, redário, internet wi-fi gratuita e estacionamento. 

 

Espaços internos:

Sala de convivência com internet wi-fi gratuita,  frigobar, jogos, sala de estar e leitura.

Não se sinta um hóspede, sinta-se parte de uma história de vida

Os 19 quartos da Pousada guardam lembranças colhidas em diferentes partes do mundo pela proprietária. São objetos com história, com vida. Essa é uma das formas de lhe deixar à vontade, de dizer para sentir-se em sua casa. Aliás, isso lhe será dito em diversas línguas, incluindo inglês, espanhol, alemão, holandês, italiano e um pouco de francês. Quando encontrar a Maria vai entender por que o Google Tradutor fica com inveja.

O seu pequeno pet irá concordar conosco em ao menos duas coisas

A primeira é que chegou a hora dele vir para Bonito com você, mediante uma pequena taxa de estadia. A outra é que sem estresse, entre paisagens tranquilizadoras, será natural e muito mais fácil que você esqueça do cigarro, do charuto e do cachimbo. É proibido fumar em todos os espaços da Pousada, dos internos aos externos, incluindo os quartos. 

 
Uma proposta ambientalmente sustentável que conquistará seu coração

A Pousada participa de vários projetos que preservam Bonito do jeito que o mundo inteiro admira e adora: sem poluição e com turismo sustentável. Cisternas que armazenam água para utilizar na piscina e aguar as plantas, resíduos armazenados para alimentar os porquinhos, ar-condicionado com tecnologia inverters, que não expele gás, e frigobar apenas nas áreas comuns, são algumas das iniciativas que as futuras gerações de turistas agradecerão.    

Foto: Fernando Peres

Café da manhã à La Monet, Degas e Renoir

Os pintores impressionistas iriam apreciar durante longas horas este café da manhã. Assim como eles fizeram em suas telas no final do século 19, dando especial atenção às paisagens e valorizando a luz natural, a Pousada compõe o tema de sua primeira refeição com saborosas variações e cores: leite, chás, queijos, iogurtes, geleias, bolos, frutas e outros ingredientes que retratam o melhor dos produtores locais. 

Leve daqui para a sua casa o sabor dourado do mel da Chácara Beija-Flor

A Pousada Galeria Artes e a Chácara Beija-Flor são irmãs. Uma produz o mel, aqui mesmo em Bonito. A outra produz os sorrisos dos hóspedes que o provam. O mel da Chácara pode ser adquirido na Pousada. Parte da renda é utilizada na preservação da mata ciliar do Rio Mimoso, onde acontece a florada das aroeiras. É delas que as Apis Melíferas extraem alegremente o mel orgânico. Ou seja, todo mundo fica feliz.

Pousada Galeria Artes Maria Pires Bonito MS Bonito Incomparável Minha Historia
Minha História com Bonito

Alguns artistas produzem a tinta que usarão em suas telas. Com o urucum fazem a cor laranja. Do açafrão vem o amarelo. Antigamente os pintores andavam muitos dias percorrendo os campos em busca de cores. Maria andou 13 anos pelo mundo. Da Europa fez a elegância. Da Ásia, a sutileza.  Da Escandinávia, o amor. A tela ela encontrou em Bonito, em 1996. E em lugar de um quadro, pintou a escultura que alguns distraídos pensam que é uma Pousada, mas que no fundo da alma de Maria é uma Galeria.

Escolhi Bonito para expor o que eu sinto

Alguns artistas produzem a tinta que usarão em suas telas. Com o urucum fazem a cor laranja. Do açafrão vem o amarelo. Antigamente os pintores andavam muitos dias percorrendo os campos em busca de cores. Maria andou 13 anos pelo mundo. Da Europa fez a elegância. Da Ásia, a sutileza.  A tela ela encontrou em Bonito, em 1996. E em lugar de um quadro, pintou a escultura que alguns distraídos pensam que é uma Pousada, mas que no fundo da alma de Maria é uma Galeria.

Cápsulas do tempo

Aprendi línguas em São Paulo, viajei para a Europa para fazer especialização em italiano, estudei na Escócia, me casei na Holanda, morei na Malásia, no Oriente Médio e na Escandinávia. Ou seja, a vida me deu a oportunidade de colecionar momentos belíssimos. “Momentos” são obras de arte que duram milésimos de segundos. Mas que podem ser reencontrados através de objetos. Trouxe recordações de cada um desses lugares e espalhei pela casa e pelo ateliê que eu e meu  ex marido construímos em Bonito. Hoje eles decoram a Pousada, que é a casa de todos que vem à Bonito para colecionar momentos emocionantes.

Seria ótimo se a vida realmente imitasse a arte

Uma exposição com trinta e oito fotos de Ting Nai Ho vieram comigo de Miri. Observando cada uma delas, expostas na Pousada, você reencontra aspectos diferentes da antiga cultura indígena que está desaparecendo no Sarawak, hoje reduzida à 30% da população Malaia. Na nossa loja expomos e comercializamos objetos produzidos pelos índios Kadiwéus que vivem próximos a Bonito bem como artigos de artesãos locais.

Obra inacabada

Começamos a “pintar” a Pousada em cada hotel que nos hospedamos. Misturamos experiências e sensações como quem mistura tintas de cores diferentes. Adicionamos um pensamento aqui, uma lembrança ali. Telas e esculturas um dia ficam prontas. Uma pousada, nunca. Isso foi algo novo para mim. E muito estimulante! Adoro voltar à tela Galeria Artes todos os dias para dar novas pinceladas. Nossos hóspedes terão percepções diferentes cada vez que voltarem. 

Facetereré

Quando um amigo quer contar as novidades para o outro ele não pega o celular. Ele vai visitá-lo em casa. A rede social aqui em Bonito é o tereré, a bebida local: erva mate com gelo na cuia. A conexão é rápida, não há trânsito. E não precisamos usar abreviações de palavras para ganhar tempo, porque as pessoas não vivem apressadas, como nas grandes cidades. Dispensamos os emojis também. Usamos a nossa carinha mesmo!

Cheguei bonitinha e virei bonitona

No começo eu estranhava. Ouvia dizerem que determinada pessoa era bonitense, e que outra era bonitinha. Até que um dia explicaram. Quem nasce em Bonito é bonitense, quem se mudou para cá é bonitinho. Era o meu caso! Fiquei muito feliz na ocasião! Até que um dia eu encontrei a Sílvia, do Paraíso das Águas Hotel, que nasceu em Campo Grande e se apresentou como bonitona! Somos amigas, então passo a me considerar bonitona também!

Saborosos temperos culturais

Numa esquina você encontra turistas portugueses, na outra, alemães e na seguinte argentinos. Todos acordaram ouvindo o canto das aves e agora estão pensando em comer algo que pode ser o jacaré da cultura pantaneira, um sanduíche norte-americano ou um sushi japonês ou um pacú na brasa. 

 

Foto: Fernando Peres

Você também vai sentir o aroma que mexeu comigo

Desde a primeira vez que respirei o ar de Bonito, em 1996, notei mais do que o frescor das árvores e dos rios. Senti algo que tocou minha alma, que me trouxe profunda tranquilidade. Senti aroma de liberdade e de segurança. Depois veio o gostinho de “vou ficar aqui para sempre”.

Quando me perguntam qual a melhor época para vir à Bonito

Bonito é mais Bonito no outono porque as temperaturas transitam livremente trazendo uma surpresa a cada dia;

Bonito é mais Bonito no verão porque a luz do sol ilumina e aquece suas águas mais do que nunca dando maior visibilidade à sua fauna e flora;

Bonito é mais Bonito na primavera porque a paleta de cores da natureza se amplia incrivelmente a cada flor nativa que se abre;

Bonito é mais Bonito no inverno porque no campo as suas águas ficam ainda mais cristalinas e na cidade o charme se instala com o famoso Festival de Inverno e as maravilhas da rica gastronomia;

Bonito é Bonito o ano todo!

Foto: Passeio Barra do Sucuri – Breno Teixeira

Bem-vindos à minha casa

Meu quintal tem bosques aquarelados em milhões de tons de verde, vibrantes araras vermelhas e tucanos que brilham como ouro. Logo ali passam rios de cores que eu não conseguiria nomear. Meu céu não é só azul. É a luz composta pelas muitas cores que os impressionistas pintaram. Bonito é a minha casa. Portanto, é também sua. 

Publicaremos sempre novas informações sobre o turismo em Bonito, um destino Incomparável para quem curte natureza, passeios emocionantes, gastronomia com muitas opções, passear pelo comércio e vivenciar a cultura local. 

Lembre-se de voltar! Se quiser, podemos avisar você:

IDB – Instituto de Desenvolvimento de Bonito
Rua 24 de Fevereiro 1507 Bonito | Mato Grosso do Sul | 79.290-000
Info@bonitoin.com

 

Feito por: Sandwich Content | MCM Proesp

 

 

Bonito-in.com (C) Todos os direitos reservados