PT EN FR DE ES
Por do Sol na Serra da Bodoquena Bonito MS Bonito Incomparável Foto Daniel de Granville_Banner

A natureza pode curar!

Vida na cidade: correria e estresse!

Trânsito interminável, muito barulho, multidões aonde quer que vá. A pausa para o almoço ou apenas um café é cercada das preocupações da rotina do dia-a-dia, conversas apressadas, falta tempo pra tudo, pois sempre há um compromisso inadiável. O cansaço bate forte muito cedo, a saúde é cuidada se der tempo, o dia tem hora certa pra começar, mas não pra terminar. Assim é a vida nos grandes centros urbanos: corrida, agitada e estressante.

 

A intensa rotina de afazeres diários e de horários apertados deixa pouquíssimo tempo para nos dedicarmos a atividades de lazer e bem estar. Em meio a tantos compromissos e responsabilidades, o caos da cidade grande se reflete em nossas vidas de forma silenciosa, atacando pouco a pouco nossa saúde. Além dos diversos males causados a saúde física, as rotinas exaustantes das cidades provocam sérios danos a nossa saúde mental, desencadeando inúmeras doenças psíquicas – dentre elas, as mais recorrentes são estresse, ansiedade e depressão.

 

A paz que você procura está na Natureza!

 

Quem não gosta do cheirinho de mato molhado, após uma leve chuva de verão? E sentar-se a beira de uma cachoeira, sentindo a água corrente nos pés, relaxando ao canto dos pássaros? Ou andar de pés descalços em meio a belas árvores, sentindo a energia da terra entre os dedos dos pés?

 

Caminhar entre árvores, fazer trilhas, tomar um banho de rio ou cachoeira, escutar o canto dos pássaros, observar a natureza e estar em um ambiente de muito verde vai além da mera sensação de bem-estar que um ambiente natural pode proporcionar. Estar em meio a natureza nos remete a uma sensação de satisfação e paz. Sem dúvida alguma é um excelente remédio para manter a saúde e o equilíbrio mental, emocional e corporal. A natureza, em muitos casos, é a cura para os males físicos e psíquicos.

 

Para além das crenças e senso comum, hoje é cientificamente comprovado que o contato com a natureza diminui significativamente os níveis de cortisol do nosso corpo, conhecido como hormônio do estresse.

 

Cura pela natureza: o que diz a Ciência.

 

São inúmeros cientistas de diferentes lugares do mundo que chegaram a mesma conclusão através de seus estudos e pesquisas: o contato com a natureza é potente, e em muitos casos fundamental, para ajudar na cura do corpo, da mente e da alma.

 

Uma pesquisa da Universidade de Exeter, na Inglaterra, afirma que atividades envolvendo o contato com a natureza influenciam a saúde mental do ser humano.

Os estudos divulgados recentemente por pesquisadores da Exeter comprovam, por exemplo, que pessoas que vivem em bairros arborizados e com mais aves por perto são menos propensas a desenvolverem depressão, crise de ansiedade e estresse.

 

Na Austrália, um estudo produzido na Universidade Deakin mostrou que estar exposto à natureza proporciona momentos de liberdade e relaxamento, refletindo positivamente no estado mental das pessoas e reduzindo sintomas de ansiedade e depressão.

 

Já na Holanda, pesquisadores do Centro Médico Universitário de Amsterdã constataram que os cidadãos que vivem próximos da natureza tem 21% de chances a menos de desenvolverem depressão. Além disso, há melhora na qualidade do sono, no desenvolvimento cognitivo, na imunidade, nos problemas cardíacos e pulmonares, além de redução na ansiedade, na tensão muscular e na possibilidade de desenvolver doenças como obesidade e diabetes.

 

A prática de observar aves, indicada também para as crianças, vem crescendo no mundo todo. Nos Estados Unidos, por exemplo, são mais de 40 milhões de praticantes. “Vários estudos têm demonstrado que, ao passarinhar, as pessoas aumentam a capacidade de atenção e reduzem os níveis de estresse”, diz Erika Hingst-Zaher, pesquisadora do Museu Biológico do Instituto Butantan, responsável pelo Observatório de aves. “Diferentes organizações do mundo vêm utilizado a observação de aves como forma de combater nas crianças o que tem sido chamado de transtorno de déficit de natureza.”

 

De acordo com Erika, a desconexão com a natureza e o aumento do sedentarismo causado pela crescente urbanização têm gerado encargos enormes e pouco discutidos na área da saúde. “O custo dos problemas de saúde relacionados à ansiedade e ao humor, computado por países europeus, chega a cerca de 200 bilhões de euros por ano”, afirma.

 

O periódico acadêmico “Frontiers in Psychology” divulgou resultados de outra pesquisa que se relaciona diretamente com as observações feitas na Filadélfia: caminhar ou permanecer em um local próximo à natureza por 20 minutos faz despencar os níveis de cortisol no sangue, mais conhecido como o “hormônio do estresse”.

 

Para a doutora em Ciências Florestais e membro da Rede de Especialistas em Conservação da Natureza, Teresa Magro, a sensação de bem-estar está relacionada também ao que fazemos no ambiente natural. “Só o fato de olhar uma paisagem, fazer um passeio em um parque ou em uma área com menos barulho, já nos dá uma sensação de relaxamento”, afirma.

 

Pesquisadores da Universidade Johns Hopkins, nos Estados Unidos, observaram que pacientes com câncer que tiveram contato com imagens de paisagens naturais e sons de pássaro fizeram menos queixas de dores do que as pessoas que viram imagens e sons de cidades ou ficaram sem ver nada.

 

No livro “A Última Criança na Natureza”, do jornalista Richard Louv, editado no Brasil pelo Instituto Alana, fica absolutamente clara a relação entre essas doenças e a falta de natureza. O especialista diz que estudos científicos revelam que a exposição direta à natureza é essencial para a saúde física e emocional. É capaz de melhorar a capacidade cognitiva, a resiliência, o estresse, a depressão e até de reduzir o que se chama de hiperatividade. Chegou a hora de curarmos, como explica Louv, nossa Síndrome de Déficit de Natureza.

 

Animais por perto sempre!

 

O contato com um animal, seja de estimação ou não, é uma ótima forma de se distrair e de estimular a afetividade. “Muitas pessoas têm dificuldade de dar e receber carinho de outros seres humanos”, afirma o neurocientista Alexandre Monteiro, coordenador do Projeto Animallis, que faz terapia assistida com animais em idosos com demências, como Alzheimer, e depressão. “O contato com animais pode funcionar como uma ponte para trabalhar as emoções, aumentando a sensação de segurança, a socialização e a motivação.”

 

 

Brasil, um paraíso verde.

 

No país com a mais rica biodiversidade do mundo, o contato com a natureza pode ocorrer em diferentes espaços, como parques, praças, cachoeiras e ambientes costeiros e marinhos. “Os benefícios fornecidos pela natureza – como ar puro, água, regulação microclimática, redução de partículas poluentes, relaxamento mental e físico, entre outros – e sua conexão com a saúde das pessoas devem ser vistos pela sociedade e pelo poder público como uma prioridade. Ter espaços verdes acessíveis e bem cuidados próximos da população estimula a visitação e a prática de atividades, o que resulta em indivíduos mais relaxados e produtivos”, completa a gerente de Conservação da Biodiversidade da Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza, Leide Takahashi.

 

 

Bonito: o paraíso dentro do paraíso.
Um descanso pro corpo e pra alma!

 

Bonito, as cidades em volta e o Pantanal Sul, localizados no Mato Grosso do Sul, possuem dos maiores biomas do Brasil, rico em diversidade e beleza, tanto da fauna, quando da flora. Essa região abriga e preserva uma grande variedade de espécies, razão pela qual é um dos destinos ecoturísticos mais procurados do mundo.

 

Para além da sua beleza e exuberância, a região de Bonito e o Pantanal Sul abrigam também um complexo hídrico composto por rios, cachoeiras e lagoas de águas cristalinas, e diversas espécies de peixes em verdadeiros aquário naturais. Um dos Rios de Bonito, o Rio Sucuri, está entre os 10 rios mais transparentes do mundo.

 

Bonito conta ainda com grutas e cavernas que abrigam paisagens milenares, esculpidas pela ação do tempo. São anos e anos de história reveladas nas paredes e lagos das grutas e cavernas.

 

 

A paisagem é tão impressionante que chega a tirar o folego dos visitantes. Bonito nos remete a uma absoluta sensação de paz e bem estar, fazemos automaticamente uma conexão imediata com a natureza, que renova nossas energias e nos dá novas perspectivas sobre a vida, já que em Bonito a vida se manifesta de uma forma quase que mágica. É o paraíso dentro do paraíso, que é o nosso Brasil. Não há como não voltar de lá profundamente tocado e transformado pela natureza que se revela nesse que é sem igual.

 

Por todas essas características, a região de Bonito e o Pantanal Sul são excelentes lugares para curar as dores da alma, do corpo e se reconectar com a essência de cada um. O cheiro de mato, o canto dos pássaros, a exuberância das cores, a calmaria das águas, tudo isso ajudar a tratar as tensões e aflições causadas pelo estresse do dia-a-dia. É a cura pela natureza.

 

Quer saber mais sobre Bonito, acesse o site //bonito-in.com e saiba mais sobre as maravilhas desse paraíso ímpar no Brasil.

Share on facebook
Share on whatsapp

COMPARTILHE COM OS AMIGOS!

VEJA MAIS POSTS

Comece agora mesmo a planejar a sua viagem para Bonito!

Agências

Passagens, hospedagem, translados, aluguel de veículos, reserva de passeios: a agência de viagem cuidará de tudo para você, de forma personalizada, e lhe fará ótimas sugestões. E parcelará o pagamento

Hotéis

Uma acolhedora pousada no centro turístico, um lindo hotel integrado à natureza, um hostel surpreendente com preços bem acessíveis, um grande resort repleto de lazer: qual deles tem a cara da viagem de seus sonhos?

Publicaremos sempre novas informações sobre o turismo em Bonito, um destino Incomparável para quem curte natureza, passeios emocionantes, gastronomia com muitas opções, passear pelo comércio e vivenciar a cultura local.

Lembre-se de voltar! Se quiser, podemos avisar você:

IDB – Instituto de Desenvolvimento de Bonito
Rua 24 de Fevereiro 1507 Bonito | Mato Grosso do Sul | 79.290-000
Info@bonitoin.com

 

Feito por: Sandwich Content | MCM Proesp